Sobre O Sapiens

SAPIENS PARQUE é um Parque de Inovação idealizado para promover e fortalecer os setores econômicos que já são vocações de Florianópolis como o turístico, de serviços e tecnologia, sem deixar de lado as questões prioritárias como o meio ambiente e o bem-estar da sociedade.   Busca principalmente consolidar Florianópolis como a Capital Brasileira do Conhecimento e da Qualidade de Vida, construindo um ambiente com altíssima qualidade, onde a criação de novos conhecimentos deve ser utilizada como o principal fator de competitividade das empresas ali instaladas e consequentemente de toda a região do entorno. É atualmente, um dos mais promissores parques de inovação do país, contando com uma área de 4,3 milhões de m2,  onde serão edificados cerca de 1,3 milhão de m² em 05 (cinco) fases de implantação. No total, o Sapiens terá 257 unidades privativas dividas entre diferentes áreas e módulos que abrigarão diversos empreendimentos, destinados à instalação de empresas, ICTs, laboratórios de pesquisa e ambientes de universidades. Estas áreas são vendidas por meio de licitações públicas, garantindo maior legitimidade e transparência ao processo.

 

O projeto apresentado nesta proposta visa a Implantação do CENTRO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA ACATE-SAPIENS PARQUE, cujo objetivo é proporcionar um ambiente de Pesquisa e Desenvolvimento conjunto entre ICTs, Universidades e empresas de base tecnológica em Florianópolis/SC.

A empresa SUSTENTAR ENGENHARIA LTDA, construtora altamente reconhecida na região e PROPONENTE PRINCIPAL desta proposta, venceu a licitação em 2012 do referido espaço onde será construído o Centro de Inovação Tecnológica ACATE-SAPIENS PARQUE.

Para este fim, foi constituída uma SPE – SOCIEDADE DE PROPÓSITO ESPECÍFICO, nos termos da Lei Federal n.º 6.404/76, entre a empresa Sustentar Engenharia Ltda e o Sapiens Parque. Para gerir a relação jurídica entre a Sustentar Engenharia e as empresas investidoras que sediarão o Centro de Inovação, foi então estabelecido uma SCP – SOCIEDADE POR COTAS DE PARTICIPAÇÃO, que prevê os direitos e deveres de cada parte.

O Centro de Inovação Tecnológica ACATE-SAPIENS PARQUE, conta com a cessão de 500m2 exclusivos para aACATE – ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE EMPRESAS DE TECNOLOGIA, que figura neste projeto comoCOORDENADORA da referida Implantação. Esta cessão foi realizada ainda em 2012 pelo Sapiens Parque pelo prazo de 25 anos, em edifício que sediará as empresas de tecnologia associadas à ACATE, incentivando-as ao investimento no Sapiens Parque.

Serão demonstrados a seguir, os referidos detalhamentos do projeto citado, cujo objetivo vem ao encontro com as políticas de Inovação referenciadas pela FINEP e pelo GOVERNO FEDERAL.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

a)  Edificar o Centro de Inovação Tecnológica ACATE-SAPIENS Parque, com aproximadamente 7.020.000 m2 de Área Total Construída Coberta;

b) Aplicar/Desenvolver tecnologias para edificações sustentáveis como eficiência energética/fontes alternativas de energia, adequada utilização da água, saneamento básico, entre outros;

c) Promover a instalação da ACATE – Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia de SC, incluindo laboratórios, auditórios e demais áreas de apoio aos associados;

d) Promover a instalação das empresas que fazem parte da SCP – Sociedade por Cotas de Participação, garantindo o aumento da capacidade inovadora das mesmas;

e) Promover a integração entre as empresas associadas com a estrutura do Parque Sapiens, incentivando a cooperação e consequentemente, a adesão ao espaço do mesmo;

f) Incentivar a integração com núcleos de pesquisa das Universidades da região, ampliando a capacitação de recursos humanos no estado;

g) Fortalecer a economia local (norte da ilha), provendo investimentos públicos e privados, objetivando o bem-estar social;

JUSTIFICATIVAS

Segundo a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Sustentável de Florianópolis, a cidade está consolidando-se, no cenário nacional e internacional, como um dos mais importantes polos de empresas de base tecnológica. Com uma população de aproximadamente 400 mil habitantes, Florianópolis possui cerca de 600 empresas de software, hardware e serviços de tecnologia, as quais geram aproximadamente 6 mil empregos diretos.

Nas últimas décadas, Florianópolis registrou uma renovação do seu perfil econômico. Sem grandes indústrias, a Capital catarinense encontrou no setor de tecnologia da informação e comunicação uma atividade econômica que se identificou com o perfil da cidade, respeitou os elementos naturais da Ilha e se tornou um importante componente para o desenvolvimento local.

Atualmente, as empresas de base tecnológica formam uma das atividades organizadas que mais fatura e mais paga Imposto Sobre Serviços (ISS) no município. O setor de tecnologia impulsiona também o crescimento de outros setores da economia, entre eles o da construção civil – para a instalação de novas empresas, o de turismo – atraindo eventos de negócios, e o setor de serviços – diante da necessidade por assessorias e consultorias em diferentes áreas. As perspectivas são bastante positivas para o setor, pois o mesmo tem apresentado crescimento entre 20% e 30% em Santa Catarina, acompanhando o ritmo nacional, segundo reportagem de Agosto/2013 divulgada pela Acate Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia.

A região conta ainda com 3 Parques Tecnológicos, 6 Incubadoras de empresas, 5 Universidades e 15 Centros Universitários, 8 Centros de Tecnologia e 7 Complexos Empresariais voltados às empresas de tecnologia.

Neste sentido, as justificativas apontadas anteriormente evidenciam a motivação para Implantação do Centro de Inovação Tecnológica ACATE-SAPIENS Parque, no Condomínio Sapiens Parque.

O Parque em si, é uma iniciativa concebida e idealizada com o objetivo de estabelecer um ambiente dotado de infraestrutura e sistemas capazes de atrair/formar talentos e empreendimentos geradores de ideias e conhecimentos, transformando-os em novos produtos e serviços para a sociedade, promovendo o desenvolvimento sócio-econômico-sustentável da região.

A perspectiva do Condomínio Sapiens Parque é consolidar-se até 2020, como o maior e mais conceituado Parque de Inovação do país – em qualidade, inovações geradas, quantidade de empresas e geração de receitas. O espaço será destinado para a instalação de empresas, ICTs, projetos e iniciativas inovadoras, tornando-se ainda, uma referência mundial em Inovação e Sustentabilidade.

Ressalta-se ainda que o Parque é um empreendimento de grande porte e longo prazo, concebido para estabelecer um novo ciclo de crescimento da Inovação na Região. Foi estruturado do ponto de vista jurídico e de negócios, de forma a permitir o investimento público e privado de forma ágil e consistente.

Share Your Thoughts

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *